Menu

GTX 760 vs GTX 1050: saiba o que muda nas placas de vídeo da Nvidia

18 ABR 2018
18 de Abril de 2018
A GTX 760 e a GTX 1050 são duas placas de vídeo da Nvidia com foco no público gamer. A primeira, lançada há cinco anos, ainda desperta o interesse do consumidor. Entretanto, mesmo que possa oferecer uma performance interessante para quem tem orçamento mais apertado, a placa não é fácil de ser encontrada em primeira mão no Brasil.

Diante disso, a GTX 1050, mais recente, desponta como uma alternativa que, embora mais cara, apresenta desempenho melhor e é presença garantida no mercado do país. Descubra abaixo como as duas fichas técnicas e preços se comparam.

GTX 760 vs GTX 1050 (Foto: Arte/TechTudo)

A Geforce GTX 760 não é uma placa recente. Lançada em meados de 2013, a 760 apresenta claros sinais da idade com especificações técnicas modestas, sobretudo se comparada com a GTX 1050, apresentada pela Nvidia em 2016.

A primeira e mais evidente das diferenças é na operação das duas placas. A GTX 760 pode ter velocidades que saem dos 823 MHz e chegam a 1.033 MHz, dependendo da versão. Do outro lado, a 1050 roda com clocks que começam em 1354 e batem em 1455 MHz. Outra diferença que favorece a ficha técnica da 1050 diz respeito ao clock de memória, mais rápido na placa mais atual.

GeForce GTX 1050 tem velocidade de processador muito mais alta (Foto: Divulgação/Zotac)

Em termos de RAM, as duas placas têm versões com 2 GB, mas só a 760 teve opções com 4 GB de GDDR5. Também é possível encontrar a placa com banda de comunicação entre processador e RAM de 128 ou 256 bits. A 1050 perde nesse quesito, já que só existem versões com 128 bits.

Frequentemente ignorada por consumidores mais desatentos, essa característica é fundamental para explicar a performance de uma placa de vídeo. Quanto mais larga for essa via de comunicação, maior a quantidade de dados que podem ser trocados entre processador gráfico e memória em uma mesma unidade de tempo.

GTX 760 perde na comparação em jogos (Foto: Divulgação/Nvidia)

Embora a banda seja maior nas 760, a velocidade de processamento é inferior. Assim, 1050 acaba tendo vantagem em termos de desempenho bruto. Benchmarks coletados no UserBenchmark, site especializado em condensar testes realizados por usuários comuns, mostram que a 1050 pode ser de 10 a 15% mais rápida em jogos.

Esse detalhe leva a uma constatação interessante: o consumidor que possui uma GTX 760, e pensa em realizar um upgrade para uma placa mais atual, pode acabar se decepcionando com a GTX 1050. Isso porque o salto de performance não parece ser muito expressivo.

A GTX 1050 é a placa gráfica de entrada da Nvidia. Isso explica porque, mesmo três anos mais recente, ela tem um desempenho não muito superior ao encontrado na antiga GTX 760.

Apesar disso, os mesmos três anos de salto tecnológico em relação à manufatura de semicondutores é muito relevante. Para atingir performance levemente superior à 760, a 1050 gasta muito menos eletricidade, além de não esquentar tanto. A GTX 760 tem uma TDP estimada de 130 watts contra 75 da 1050 – quanto maior a TDP, menos eficiente é o hardware.

Muito mais recente, 1050 é fácil de encontrar e gasta muito menos energia (Foto: Divulgação/Gigabyte)

Não é tarefa fácil encontrar uma GTX 760 nova nas prateleiras. No entanto, em sites pela Internet, o consumidor pode achar um modelo usado à venda. Os preços giram na casa dos R$ 400 a R$ 500.

Atualmente em fabricação pela Nvidia e seus parceiros, a 1050 é presença constante em sites especializados em hardware. A placa de entrada da linha Geforce tem preços a partir dos R$ 680.

Embora sejam semelhantes do ponto de vista de desempenho, as duas placas têm diferentes preços e disponibilidades. A GTX 760 saiu de linha e encontrá-la nova é uma questão de sorte, já que o produto tem quase cinco anos de mercado. Quem está buscando uma placa de vídeo nova pode optar pela GTX 1050, que é mais fácil de encontrar – inclusive, em versões diferentes. Outra opção na mesma linha e de preço parecido é a Radeon RX 560 da AMD.

Do ponto de vista de quem possui uma GTX 760 e avalia o upgrade para uma placa de vídeo mais recente, o cenário é um pouco diferente. A GTX 1050 vai, de fato, garantir maior performance gráfica para o seu sistema, mas a diferença de desempenho pode ser pequena demais para quem busca um ganho relevante de performance. Nesse cenário, pode ser interessante ir atrás de placas um pouco mais caras e mais rápidas, como a GTX 1050 Ti, GTX 1060 ou as Radeon RX 570 e 580.

Geforce GTX 760 vs. Geforce GTX 1050

Especificações         Geforce GTX 760                 Geforce GTX 1050
Preço                         a partir de R$ 400 (usada) a partir de R$ 680
Lançamento                 Maio de 2013                         Outubro de 2016
Clock                         823 a 1.033 MHz                 1.354 1.455 MHz
Núcleos                         1.152                                 640
Memória RAM                 2 ou 4 GB GDDR5                 2 GB GDDR5
Interface de memória 192 ou 256 bits                 128 bits
Velocidade de memória 5.8 Gb/s                                 7 Gb/s
Largura da banda         134 ou 192 GB/s                 112 GB/s
TDP                                 135 watts                                 75 watts

Fonte: TechTudo

Comentar notícias

Voltar
Tenha você também a sua rádio